Páginas

Desabafo...

Eu sei que errei e que não o devia ter feito. Mas errar é humano e o meu erro, além disso, não foi nada de "extravagante", a meu ver. Não faço ideia por que não falas comigo ( se não queres, ou não tens mensagens ). Apenas resolver as coisas, tomem o sentido que elas tomarem. Odeio esta incerteza e insegurança. Odeio esta distância que tão pequena se torna tão grande. Odeio o facto de me estarem sempre a dizer que eu não tenho nada a ver contigo no que diz respeito ao estilo. Fdç, o amor não escolhe idades e muito menos, estilos. Não me interessa o que os outros dizem ou pensam. A nossa relação pode ter pouco tempo mas apenas nós sabemos que, apesar de nem falarmos todos os dias, já nos conhecemos à anos e quando nos víamos, havia sempre aquelas borboletas na barriga. 
Quero voltar a ir ter contigo e rir me quando algum dos teus amigos me vê contigo, e me conhece apenas de vista, e fica com cara de espanto! Quero voltar a dar-te aqueles abraços fortes. Quero que voltes a pegar nas minhas mãos e que digas "estás tão fria... eu aqueço-te". Quero voltar a sentir aquele nervosismo de quando estou quase a chegar perto de ti. Quero que tudo volte ao que era no início. 
Com isto dos exames, ando completamente saturada, sem paciência, triste e sem tempo para tudo. Eu preciso de ti, de estar contigo a sério, por umas longas horas e nesse tempo, esquecer tudo o que me rodeia e pensar só em nós. 
Prometo a mim mesma que vou lutar pelo nosso amor até ao fim e que apesar das nossas diferenças, nada nos vai destruir porque eu sou forte o suficiente para aguentar o que quer que seja, eu sei que o sou, estou confiante disso e não me vou desiludir a mim própria. 
Gosto imenso de ti!


Espero e desespero por ver o teu nome no meu telemóvel...

5 comentários:

  1. quando existe amor não há diferença nenhuma que sirva de barreira :)

    ResponderEliminar
  2. Tem calma.. o tempo nestas coisas é uma grande ajuda! :) bjnhs

    http://pegadafeminina.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. O tempo e a reflexão ajudam sempre :)
    Além disso, se for verdadeiro não desaparece assim :)

    ResponderEliminar
  4. Quando realmente se ama não se dá ouvido a opiniões alheias, pois o nosso coração decide o que sente e nós decidimos o que fazemos.
    Não sejas frágil , nem tu nem ele, se o vosso coração ama então amem com o corpo também e esqueçam as "más" linguas

    ResponderEliminar